Bateria de Notebook Acaba Rápido? Faça Uma Avaliação Dela

bateria noteTodo mundo que tem ou já teve um notebook com certeza passou por esse tipo de situação, com a bateria de notebook acabando muito rápido.

Isso é bem desanimador, pois ter que usar o notebook ligado na energia sempre faz com que se perca um de seus grandes benefícios que é a mobilidade de utilizar em qualquer lugar, tornando ele quase que um pc normal.

É difícil saber o motivo que causou o problema. Ainda que a gente tome algumas precauções cedo ou tarde a bateria acaba se entregando.

Os sistema operacionais mais novos da Microsoft, o Windows 10 e o Windows 8 contém uma ferramenta que permite monitorar a sua bateria através de um relatório que você pode fazer periodicamente.

Com as informações contidas nesse relatório você poderá avaliar a bateria do note e verificar se ela está “viciada”, se ainda é possível carregar ela totalmente, entre outros detalhes.

Segue abaixo um tutorial no qual você mesmo poderá fazer essa análise.

 

Avalição da Bateria de Notebook

 

Passo 1:

Na barra de tarefas vá no campo de pesquisa e digite “Prompt de Comando”.

Então clique com o botão direito no prompt de comando e em seguida clique em “Executar como administrado”.

prompt de comando

 

 

Passo 2:

Dentro do prompt de comando digite o seguinte comando: powercfg /batteryreport /output “C:\battery_report.html” 

Lembrando de manter as aspas nesse comando digitado, conforme a imagem abaixo:

bateria viciada

 

 

Passo 3:

Agora então pressione a tecla Enter. Logo abaixo vai aparecer a mensagem de confirmarção: “Relatório de duração da bateria salvo no caminho do arquivo C:\battery_report.html”

Isso significa que a criação teve êxito e você já pode acessar o relatório no caminho especificado ali, no caso o “C:”.

Agora você já pode fechar o prompt de comando.

notebook

 

Aprenda também: Como Desativar o Windows Defender no Windows 10

 

 

Dentro do Relatório da Bateria do Notebook

Passo 1:

Agora acesse então o diretório “C:” e localize o arquivo “battery_report”. Ao dar dois cliques nele será preciso escolher algum navegador para abrir o arquivo. Escolha então o de sua preferência.

otimizar bateria

 

 

Passo 2:

Nessa primeira parte você verá as informações básicas do seu computador, sistema operacional, data e hora na qual foi criado o seu relatório.

 

bateria de notebook

 

Passo 3:

Logo em seguida você pode ver a seção “Installed Batteries”, na qual aparecem as baterias instaladas no note.

A partir desse ponto já começam a aparecer dados mais importantes, os quais você já pode levar em consideração na avaliação da bateria.

Você pode ver a capacidade total da bateria em “Design Capacity”, porém a carga total “Full charge capacity” dificilmente chegará nesse valor.

A informação a seguir é muito importante; baterias novas tem uma pequena diferença entre os dois tópicos. Note que no caso da imagem é de 31mWh para 37mWh, o que ainda pode ser considerado razoavelmente bom.

Com o passar do tempo e o uso do notebook essa diferença vai aos poucos ficando cada vez maior.

Outro dado bem interessante é o “Cycle Count”, que diz quantas vezes a bateria foi usada a sua carga total e recarregada completamente em seguida.

Uma contagem de ciclo também pode ser feita se a carga foi a 50%, voltou a 100% e depois voltou a 50% novamente.

O mais comum é esse campo ficar sem nenhum valor.

O sistema de contagem é um pouco complexo, sem contar o fato de que quase nunca utilizamos a bateria de notebook até o final, pois sempre que está chegando no fim nós carregamos novamente antes de acabar.

informações do note

As informações desse “Passo 3” são talvez as mais importantes do relatório, pois através delas você pode ter um diagnóstico e saber se a bateria está com os dias contados.

Caso o campo “Cycle Count” tiver um número alto, o campo “Full charge capacity” com menos da metade do “Design Capacity” pode-se dizer que a bateria esteja realmente em condições ruins, e você já pode começar a pensar em substituí-la.

 

Passo 4:

Temos algumas outras informações nesse relatório, como a “Recent usage” que mostra o uso da sua bateria nos últimos 3 dias.

Você pode ver a hora que o sistema foi inicializado, a fonte de alimentação utilizada e a capacidade que restava na hora que o note foi ligado.

informações de energia

 

Passo 5:

No campo “Battery Usage” você visualiza um gráfico que mostra como a bateria foi consumida nos últimos 3 dias.

Como nos últimos dias aqui acabei por algumas razões utilizando a bateria direto na energia o relatório ficou zerado, porém no seu caso podem aparecer alguns dados.

Coletei uma imagem qualquer na internet e coloquei aqui no artigo para exemplificar, porém não se trata da minha bateria.

Nesse exemplo a bateria de notebook foi consumida em 95% após pouco mais de 3 horas de uso.

gráfico do consumo de uso da bateria

 

Passo 6:

Outro ponto importante a levar em consideração é o “Battery capacity history”, pois aqui a gente pode ter uma noção se ela está ou não “viciada”.

Nessa parte é possível ver todo o histórico de capacidade da bateria, assim poderá ver claramente a redução de desempenho dela com o passar do tempo.

Note aqui que nesse caso, em torno mais ou menos de 1 ano, a capacidade total caiu de 38mWh para 31mWh. É algo razoável até, visto que por certos motivos eu utilizo por muitas vezes ela ligada diretamente na energia.

relatório 1

relatório 2

relatório 3

 

Com essas informações já é possível fazer um bom diagnóstico da sua bateria de notebook. Claro, sei que é possível através de alguns aparelhos fazer um bom diagnóstico também.

Porém dessa forma que passei é possível ter uma excelente noção, visto que os dados são bem precisos.

 

Qualquer dúvida comente aqui ou entre em contato.

Além desse conteúdo você tem acesso a muito mais informações aqui no FormatarPC. Então aproveite e aumente o seu conhecimento!

Sobre Róger Douglas da Silva

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *